2 Coríntios 12:2, 3

Paulo diz em 2 Coríntios 12:2, 3 que ele não estava certo se ele foi ao terceiro céu “no corpo” ou “fora do corpo.” Ele está sugerindo que seu “espírito” poderia deixar o corpo e visitar outros lugares?

É conveniente, para responder sua pergunta, levar em consideração o ensino bíblico sobre a natureza humana. A ideia que os humanos são formados por duas entidades, uma alma/espírito mais um corpo físico que pode existir separadamente um do outro (geralmente chamado dualismo), é estranha ao pensamento bíblico. Qualquer exceção a esse ensino deve ser claramente baseada no contexto e análise linguística da passagem.

Paulo escreveu: “Conheço um homem… que… foi arrebatado ao terceiro céu. Se foi no corpo ou fora do corpo, não sei; Deus o sabe. E sei que esse homem – se no corpo ou fora do corpo, não sei, mas Deus o sabe – foi arrebatado ao paraíso” (2Co 12:2-4).*

1. Considerações Contextuais: O assunto nesta passagem é introduzido claramente no verso 1, i.e., visões e revelações. Ele conhece um homem (o próprio Paulo) que foi arrebatado ao céu. Observe que não foi seu espírito que foi levado ao Paraíso, mas o próprio homem. Não existe dualismo no texto, e não devemos introduzi-lo na passagem a menos que existam boas razões. Paulo está simplesmente declarando que ele não possui um entendimento claro da natureza de sua experiência sobrenatural.

2. Fora/Separado do ou no Corpo: Esta linguagem tem levado alguns a concluírem que Paulo cria que o espírito poderia deixar o corpo por um período de tempo. A primeira frase, “no corpo,” não é problemática, visto que ela simplesmente significa que ele não estava seguro se durante sua visão ou revelação foi levado ao céu corporalmente, isto quer dizer, se esteve de fato ali. A outra opção que Paulo apresenta é que ele poderia ter estado ali, não em seu corpo físico real, mas fora/separado do corpo.

Não devemos introduzir na discussão o termo espírito, porque Paulo não o usa ali. A frase “fora do corpo” é empregada apenas uma vez mais por Paulo, em 1 Coríntios 6:18, no contexto de sua discussão sobre a natureza da fornicação: “Todos os outros pecados que um homem comete são fora do seu corpo, mas aquele que peca sexualmente peca contra seu próprio corpo.” Certamente Paulo não está dizendo que os pecados são cometidos por uma entidade incorpórea que reside dentro do corpo. O corpo sempre está envolvido em nosso ato pecaminoso. O argumento de Paulo é que existem pecados que são pecados nos quais o corpo não está envolvido na transgressão na mesma extensão que está envolvido no caso de fornicação. “Fora do corpo” não significa sem o corpo, mas uma condição na qual o corpo não está tão envolvido como em outros casos.

Paulo está dizendo em 2 Coríntios 12 que ele não está seguro se durante sua experiência sobrenatural foi levado fisicamente ao céu ou se teve uma experiência espiritual, uma visão, durante a qual o corpo não estava envolvido como deveria ter estado caso tivesse sido realmente arrebatado ao Paraíso.

A mesma ideia é expressa no verso 3, onde em vez de “fora do corpo” Paulo escreve “separado do corpo.” Sua experiência pode não ter estado ligada a uma trasladação física ao céu; ele pode ter estado ali apenas numa experiência visionária.

3. Antecedentes Bíblicos: Nosso entendimento da passagem é confirmado examinando o ministério de outros profetas que tiveram experiências semelhantes às de Paulo. Filipe batizou o Etíope, e então “o Espírito do Senhor arrebatou Filipe repentinamente. O eunuco não o viu mais” (At 8:39). Claramente o Espírito pode transportar fisicamente um profeta para outro lugar. Algumas vezes o profeta era levado numa visão a um lugar específico para receber uma revelação da parte de Deus. Ezequiel diz que o Espírito, “em visões de Deus,” “me levou a Jerusalém” (Ez 8:3). Ele não estava fisicamente ali mas apenas numa visão (veja Ez 11:24). Paulo declara que não estava certo sobre o que aconteceu com ele.

Então a resposta para sua pergunta é “Não.”
 
*Os textos da Bíblia citados são da Nova Versão Internacional.

Data: 
12/14/00
Translation: 
Translated by a volunteer