Nome e Caráter de Deus

Ouço canções em que o nome El Shadday é mencionado, mas eu não tenho ideia do que ele significa. Por favor, pode me dizer o significado desse nome?

O Hebraico ’el significa “Deus” e shadday (ou shadai), bem, ninguém sabe exatamente o que significa. Diversas traduções possíveis são oferecidas, mas nenhum consenso acadêmico existe sobre o significado da raiz do nome. A tradução ao Português mais comum, “Onipotente;” é baseada em uma tradução Grega do Velho Testamento – um dos termos usados é pantokrator (“todo-poderoso, Onipotente” – Latim: Omnipotens). Essa tradução parece melhor teologicamente. O nome é usado quarenta vezes no Velho Testamento. O nome completo aparece apenas seis vezes, enquanto shadday é empregado trinta e quatro vezes, sugerindo que este é um nome próprio para Deus. O que é importante para nós é o seu uso na Bíblia.

1. Comentários Gerais: Shadday era usado no antigo Oriente Próximo para designar uma divindade ou grupo de divindades.  Uma vez que o termo não é bem atestado, é difícil estabelecer a natureza e o papel dessas divindades. O fato de que o termo é usado no Velho Testamento sugere que o papel desses deuses era importante nas culturas vizinhas. Em Israel ('El) Shadday era empregado como outro nome para Yahweh (e.g., Gn 17:1; cf. 35:11; Êx 6:3), indicando uma rejeição intencional do uso não Israelita. Era um nome para Deus que os Israelitas tinham em comum com os não-Israelitas. Esse não era o caso com o nome Yahweh.

2. Shadday – Um Deus Que Abençoa:Duas ideias importantes estão associadas a este nome divino em Gênesis. Em primeiro lugar, ele é particularmente empregado quando o discurso divino é enfatizado. Deus apareceu e falou a Abrão (Gn 17:1) e a Jacó (Gn 35:11; 48:3). Ele estava perto deles.

Em segundo lugar, Ele é o Deus que prometeu descendentes e terras aos patriarcas; Ele é o Deus das bênçãos e da fecundidade (Gn 17:1, 2; 28:3; 35:11; 48:3; 49:25). Deus revelou esses aspectos do Seu caráter de modo especial aos patriarcas. Após o Êxodo do Egito, o nome Yahweh era enfatizado para indicar que Ele estava cumprindo Suas promessas e pessoalmente aparecendo e falando com Seu povo (Ex. 6:3; 19:16).

3. Shadday – Um Guerreiro:O nome é usado também na história de Balaão, um não-Israelita contratado para amaldiçoar Israel, mas a quem o Senhor usou para abençoar Seu povo. Shadday é o Senhor que revelou Sua vontade através de uma revelação prometendo vitórias de Israel sobre as nações (Nm. 24:4; cf. Sl 68:4; Is 13:6), particularmente através de uma figura messiânica (Is 24:16). De acordo com Isaías, é em Sua capacidade como guerreiro que Ele derrotará Babilônia (Is 13:6). Mas Ele também poderia lutar contra Seu povo infiel, privando-os da fecundidade e fertilidade da terra (Jl 1:15).

4. Shadday – Um Deus Justo:O nome vem à superfície na história de Jó, um não-Israelita. Ele abençoava (Jó 29:5-10) e concedia vida (Jó 32:8; 33:4), mas Jó O experimentou como o Deus que removeu todas as bênçãos dele sem razão. Os amigos de Jó enfatizaram a retidão de Shadday com base na ideia da retribuição divina (Deus sempre pune os pecadores e abençoa os justos; Jó 8:3; 34:10, 12).

Jó rejeitou essa compreensão rígida de Shadday (Jó 6:4; 21:15; 24:1) e O acusou de inflingir-lhe dor sobre sem motivo (Jó 6:4; 27:2; também Rt 1:20, 21). No entanto, ele reconheceu que Shadday é realmente um Deus de justiça, e se ele pudesse comparecer diante Dele seu caso seria resolvido (Jó 13:3; 31:35). Deus finalmente falou com Jó como Shadday: “Aquele que contende com o Todo-poderoso poderá repreendê-lo?" (Jó 40:2). Ele estava próximo o suficiente para Jó falar com Ele.

Desde que ('El) Shadday era um nome usado por não-Israelitas é compreensível que ele apareceria em narrativas bíblicas que não lidam principalmente com Israel (Gênesis, Jó, Rute) e na boca de não-Israelitas (Balaão). O nome enfatiza a proximidade de Yahweh, que abençoa e preserva a justiça no mundo. Ele é um Deus cósmico que torna o mundo fecundo e mantém a ordem social através de uma sabedoria insondável não compreendida pelos seres humanos (Jó 37:23). Como um Deus de bênçãos, Ele tem o poder de reter e retirar as bênçãos de acordo com Sua sabedoria. O nome Shadday fornece alguns aspectos universais da visão de Deus que transcende as fronteiras religiosas, contudo Ele ao mesmo tempo continua sendo Yahweh, o Deus de Seu povo.

Data: 
3/07
Translation: