Ateus no Velho Testamento

Salmos 14:1 afirma: “Diz o tolo em seu coração: ‘Deus não existe.’” Existiam ateus em Israel?

A passagem claramente dá a impressão que o ateísmo era conhecido em Israel. Minha resposta à sua pergunta é um qualificado sim. Primeiro farei uns poucos comentários sobre o ateísmo, então a seguir explorarei sua natureza nos Salmos.

1. Diferentes Tipos de Ateísmo: Estudiosos falam sobre diferentes tipos de ateísmo, tornando o significado do termo ligeiramente ambíguo. Muitas pessoas usam o termo como significando ateísmo filosófico. Esta é a crença que não existe Deus no ou fora do universo, e que diferentes argumentos (e.g., filosófico e científico) podem ser dados para apoiar, demonstrar e/ou defender a exatidão desta posição. Para eles existe apenas um cosmos sem propósito. Outros podem crer que existe um deus, mas argumentam que as insuficiências da linguagem humana tornam impossível falar a respeito de ele (ateísmo semântico). Consequentemente, em princípio Deus não existe. Um último exemplo é o ateísmo prático: a crença que existe um Deus, mas que devemos viver nossas vidas como se Ele não existisse a fim de ser pessoas responsáveis. Ele também poderia ser definido como crendo que existe um Deus embora não vivendo de acordo com a Sua vontade para nós. Sugiro que o salmista está se referindo à esta última definição.

2. O Tolo e Deus: De acordo com o salmista, o ateísmo prático do “tolo” é escondido no coração, mas revelado nas ações. Ele não é uma negação da existência de Deus, mas de Sua relevância em suas vidas. Ser um tolo não significa ser estúpido ou ter capacidades intelectuais consideravelmente limitadas. Aqui a tolice consiste em não levar Deus em séria consideração em nossas vidas. Visto que Deus não ocupa um lugar significativo nos pensamentos dos tolos, eles raramente O buscam ou oram a Ele (Sl 14:4; 10:4). Suas vidas estão em suas próprias mãos. Eles dizem para si mesmos: “Deus se esqueceu; escondeu o rosto e nunca verá isto” (Sl 10:11). Eles atribuem a Deus sua própria apatia espiritual descrevendo-O como indiferente a respeito do que eles fazem, como eles o são a respeito do que Ele diz. Eles também perguntam: “Como saberá Deus? Terá conhecimento o Altíssimo?” (Sl 73:11). Deus, eles afirmam, não está interessado em saber o que fazemos ou reage a isso; Ele “de nada me” pedirá “contas” (Sl 10:13). Sim, existe um Deus, porém Ele não está tão envolvido nos assuntos humanos como o piedoso crê.

3. Ímpio, porém Abençoado: Os tolos não levam Deus a sério, porém criam caos social. Eles enganam a outros através de mentiras e males (versos 6, 7), e estão bem familiarizados com a “ética” da corrupção. Portanto, eles maltratam e abusam do pobre e do inocente (Sl 14:1-3; 94:6). Sua consciência insensível é um covil de iniquidade e engano (Sl 73:8, 9).

O que confunde o salmista é o paradoxo dos tolos que afirmam que Deus não existe, no entanto desfrutam a vida e bem-estar. Eles se regozijam com suas realizações (Sl 94:3). Apesar de desobedecerem a lei de Deus, “seus caminhos prosperam sempre” e com autoconfiança afirmam: “nada me abalará! Desgraça alguma me atingirá” (Sl 10:5, 6; 73:3). Realmente, as coisas vão bem para eles: Eles não têm as lutas e fardos da pessoa comum, eles gozam de boa saúde, eles são influentes socialmente (versos 4, 5, 10). Consequentemente, são orgulhosos (Sl 94:2; 73:6).

É precisamente porque as coisas vão bem para eles, apesar da maneira em que vivem, que os tolos concluem que Deus não se preocupa muito com o que eles fazem. Ele ainda os abençoa. A experiência pessoal é usada para justiçar as convicções religiosas pessoais. Eles esquecem que o propósito da bondade de Deus é nos levar ao arrependimento (Rm 2:4). Depois de visitar o templo o salmista afirmou: “Então compreendi o destino dos ímpios” (Sl 73:17): Que os tolos perecerão (verso 27).

O ateísmo prático continua a ser uma ameaça àqueles que estão desejosos de racionalizar as profundezas da preocupação de Deus por nossas convicções e ações. Sua vontade é sempre boa para nós, e seguindo-a afirmamos que realmente existe um Deus que governa o universo.

Data: 
11/14
Translation: 
Translated by a volunteer